Ana Adão no Hawaii – Segunda Parte

Foto Ana Site

“A experiência pelo paraíso tem sido única. Desde Sábado que as ondas não têm ajudado muito e então temos aproveitado para passear e conhecer melhor a ilha. Ja fizémos mergulho, já fomos a uma festa em Waimea, em que todos se juntam ao pôr do sol, com música ao vivo e que tem muita variedade de comida, já subimos à montanha para ter uma vista magnífica sobre esta ilha… mas ainda há muita coisa para ver e desfrutar.

Também no Sábado começaram os trials da etapa do mundial de bodyboard, em que eu era do primeiro heat feminino a entrar na água, com uma japonesa e uma havaiana. O mar não estava nada fácil, muito mexido, pequeno e difícil de ler. Fiz uma onda boa logo no início do heat, mas depois senti-me completamente desorientada naquele mar e não consegui apanhar uma outra onda para manobrar, o que fez com que perdesse com uma diferença mínima.
Mesmo assim, apesar das condições não serem as que esperava para aqui, estou muito contente por ter a oportunidade de cá estar e poder participar neste campeonato.

No Domingo e na Segunda feira aproveitámos para surfar em Pipeline. Os meninos aqui de casa queriam ir ao shopping personalizar uns bonés e então lá apanhámos um autocarro de 2 horas. Sempre pela costa, chegámos a Honolulu, foi giro para conhecer a ilha.

NaTerça começou o campeonato em Pipeline. Infelizmente e, novamente, ondas fracas e pequenas, nem parecia que estava nesta ilha. Foi a vez dos portugueses, inclusivé do meu irmão, mostrarem o que valem, mas infelizmente o Miguel não teve a maior sorte e acabou por terminar na terceira posição, sendo eliminado do evento. Apesar do mar difícil, todos os restantes portugueses que entraram nesse dia passaram.

Na quarta, o mar ainda estava mais pequeno, o que se tornou impossível realizar o campeonato. Foi então dia de novo passeio pela ilha, apanhámos 4 autocarros e, à tarde, fomos até Waikele, em busca do tão falado outlet da Vans. Que loucura! Acabei por comprar 3 pares de Vans a 80 dólares. Conclusão, viemos carregados de ténis para casa.

Prevê-se uma subida do swell para os próximos dias, o que será bom para dar continuidade ao campeonato. Espero que as ondas estejam melhores e que tudo corra bem para os 6 tugas que ainda estão em prova.

Restam-me mais 11dias neste paraíso, por isso agora tenho que aproveitar e surfar ao máximo. Para a semana trago mais novidades.”

artigos idênticos:

Top