North Shore Sisters

A_ADIDAS_SISTERS

O North Shore (ilha de Oahu) no Havai é considerado a meca do surf para surfistas de todo o mundo e para os sortudos habitantes de cidades como Hale’iwa e Pupukea, as ondas fazem parte do dia-a-dia. Num qualquer momento do dia quando o surf está no auge, o North Shore fica repleto de surfistas à procura de emoção, a maioria dos quais são do sexo masculino. Se procurares bem, provavelmente vais encontrar uns longos e bonitos cabelos pretos – é Keiki – ou um sorriso branco brilhante – que é Caitlin – em cima de uma prancha recém encerada rasgando as ondas. Fica a conhecer seis raparigas que se notabilizaram na cena do surf havaiano por elas mesmas – e não foram precisos rapazes.

Malia, 17 anos, vive no Noth Shore com os três irmãos mais novos (15, 10 e 6 anos). Cansada de surfar com rapazes, ela convenceu a melhor amiga, Ari de 18 anos, a voltar às ondas. “Estava um bocado farta de levar os meus irmãos para o surf e de fazer coisas de rapazes”, diz Malia. “Não há muitas raparigas da nossa idade a surfar. Ari é praticamente minha irmã, por isso sinto que posso ‘mandar’ um bocadinho nela”.

“Aqui quase todos os rapazes sabem surfar – não percebo porque é que não há mais raparigas a fazer o mesmo. Gostava de poder dizer: ‘Vivemos no Havai! Vamos para a água!’ ” – Caitlin, 17 anos.

“Mesmo quando não tens irmãos de verdade, os rapazes que cresceram aqui tornam-se teus ‘irmãos’. Eles podem ser um pouco protectores – só tive namorado aos 18 anos.” – Keiki, 26 anos.

“Quando há um grupo de raparigas a apanhar umas ondas em Banzai Pipeline, as pessoas da zona ficam logo a saber. Toda a gente sabe tudo sobre todos – não há muita separação”, diz Keiki. Adoro isso. É giro sentir o companheirismo e o sentimento de família.”

Fica a conhecer um pouco mais estas seis amigas no seu habitat havaino, num vídeo que a Adidas produziu – e sem rapazes por perto:

Música: A Good Day For Shirkin (Circuit Breaker Remix)
Artista: Groove Allegiance

artigos idênticos:

Top